Educação Clássica? Hein?

junho 08, 2016



Quando começamos a pensar sobre o homeschooling, nosso primeiro impulso é pensar "Qual material vou usar?" "Qual o conteúdo programático?" e tendemos, como já era de se prever, a pensar da maneira mais escolarizada possível.

E, na busca do melhor material, nos deparamos com o termo "Educação Clássica". (Hein? De onde saiu esse bicho? Se alimenta de quê?).

Realmente é mais difícil de processar essa linha de ensino para nós que viemos da escola e temos contato quase nulo com os conteúdos do homeschoooling, que vem chegando aos poucos ao Brasil.

Sendo assim, eu diria que a porta de entrada pode ser feita através desses dois vídeos que nos situarão um pouco melhor nesse novo velho caminho.




A educação clássica não trata-se de nenhum currículo pronto, mas de um caminho a ser precorrido para uma educação eficaz. Os alunos, ao invés de serem convidados a adotar uma visão de mundo uniformizada, aprendem a cultivar sua própria mente, formando opiniões próprias e bem fundamentadas sobre os assuntos que discutem.


Uma característica da educação clássica é que ela não se limita à transmissão de informações, mas trata do desenvolvimento do conhecimento, baseado no ensino pelas artes liberais, trivium e quadrivium, com sua estrutura feita sobre o trivium.

As etapas do trivium são:
  • GRAMÁTICA: (a ciência do uso da linguagem - equivalente aos primeiros anos do ensino fundamental) enfatiza o pensamento concreto e memorização dos fatos, formando a base, o alicerce para os anos que virão; 
  • LÓGICA: (a ciência do pensamento correto - equivalente ao ensino fundamental II) essa etapa abrange o pensamento analítico e compreensão dos temas; 
  • RETÓRICA: (a ciência da expressão verbal e escrita - equivalente ao ensino médio) foco em aprender a se expressar, pensamento abstrato e articulação.
(O Quadrivium consistem em: aritmética, música, geometria e astronomia.)

Assim, a etapa gramatical volta-se sobre o "o que, quem, quando ou onde", isto é, sobre os fatos essenciais a respeito das coisas; a etapa lógica volta-se sobre o "porquê", isto é, passa-se a relacionar os fatos essenciais entre si e a compreender as regras dos seus usos e funcionamentos; por último, a etapa retórica refere-se ao "como", ou seja, trata-se do momento prático, onde o assimilado é posto à prova na realidade. Vejamos alguns exemplos de como as três etapas acontecem nas diferentes matérias:



No português

  1. A etapa gramatical no estudo da língua portuguesa consistirá, por exemplo, no estudo e memorização dos fonemas, do alfabeto, das sílabas, do vocabulário e da pronúncia;
  2. A etapa lógica no português abordará as leis gramaticais propriamente ditas, analisando morfológica e sintaticamente as sentenças;
  3. Na etapa retórica, dominados os fundamentos e assimiladas as regras de funcionamento da língua, o aluno voltar-se-á para a construção de textos, desenvolvimento de ensaios, apresentação de discursos, declamação de poesias, etc.

Na matemática

  1. A etapa gramatical no estudo da matemática incluirá os nomes dos números, a memorização das sequências numéricas, a memorização de alguns cálculos de adição, subtração, multiplicação e divisão, sistemas de medidas tais como distâncias, pesos, litros, reais, etc.;
  2. A etapa lógica na matemática iniciará com a resolução de problemas mais complexos até provas de álgebra e teoremas de geometria;
  3. A etapa retórica a matemática voltar-se-á sobre coisas como levantamentos contábeis, astronomia, engenharia, etc.
Na história
  1. A etapa gramatical no estudo da história versará sobre nomes, datas de eventos, lugares, bandeiras, hinos.
  2. A etapa lógica na história tratará dos motivos para o ocorrência dos eventos, guerras, tratados, migrações e invenções.
  3. Na etapa retórica o aluno de história realizará pesquisas e produzirá conclusões que tratarão da repercussão dos eventos e motivos de suas ocorrências sobre a política, a economia, a religião, a ciência, etc.
O livro mais conhecido e recomendado sobre o assunto para quem adotará esse caminho de ensino é The Weel Trained Mind, por Susan Bauer (em inglês)

O caminho a se precorrer é longo, mas espero que esse esboço ajude-o a desbravar os primeiros passos nesse modelo de educação.

Fontes:
http://www.encontrandoalegria.com/2013/07/teaching-trivium.html
http://www.triviumpursuit.com/articles/the_grammar_level_portuguese.php
http://www.triviumpursuit.com/articles/the_logic_level_portuguese.php




Você deve gostar...

1 comentários

  1. Querida Sabrina, que site lindo! Conteúdo consistente, estética impecável, um capricho inigualável! Que Deus continue capacitando-a nesse trabalho maravilhoso de difusão da Educação Domiciliar! Renata

    ResponderExcluir

Obrigado por comentar! Responderemos em breve.

Ideias Criativas